Deficiência transversa da maxila: alternativas de tratamento frente à maturação esquelética precoce

Por Administrador

Edição V25N01 | Ano 2020 | Editorial Artigo Selecionado BBO | Páginas 70 até 79

Marcela Cristina Damião Andrucioli e Mírian Aiko Nakane Matsumoto.

Os problemas transversais devem ser priorizados no tratamento ortodôntico e corrigidos assim que diagnosticados, para restituir a correta relação transversal entre maxila e mandíbula e, consequentemente, restabelecer o crescimento maxilar normal. A correção pode ser realizada em nível esquelético, por meio da abertura da sutura palatina mediana (SPM), ou por expansão dentoalveolar. A opção de tratamento depende de alguns fatores como idade, sexo, grau de hipoplasia da maxila e a maturação da SPM. Assim, o objetivo do presente trabalho foi discutir as diferentes abordagens terapêuticas para correção da hipoplasia maxilar em pacientes com maturação esquelética avançada.

Má oclusão, Técnica de expansão palatina, Ossificação,

Andrucioli MCD, Matsumoto MAN. Transverse maxillary deficiency: treatment alternatives in face of early skeletal maturation. Dental Press J Orthod. 2020 Jan-Feb;25(1):70-9.