Diferentes abordagens de tratamento da Classe II esquelética em fase de crescimento: Bionator versus aparelho extrabucal

Por Administrador

Edição V25N2 | Ano 2020 | Editorial Artigo Selecionado BBO | Páginas 69 até 85

Renato Barcellos Rédua

Introdução: A má oclusão de Classe II apresenta uma incidência significativa na população, podendo comprometer a estética facial, o sorriso e as funções mastigatória e respiratória. Frequentemente está associada à alteração esquelética, o que aumenta a repercussão desse comprometimento, interferindo ainda mais na qualidade de vida das pessoas afetadas. O correto diagnóstico dessa condição é fundamental para a elaboração de um plano de tratamento que permita a correção dentária e esquelética. Objetivos: O objetivo do presente artigo é discutir as alternativas terapêuticas para correção da Classe II divisão 1 e 2 em pacientes em fase de crescimento, utilizando-se o Bionator de Balters ou o aparelho extrabucal.

Aparelhos ativadores, Aparelhos de tração extrabucal, Má oclusão Classe II de Angle,

Rédua RB. Different approaches to the treatment of skeletal Class II malocclusion during growth: Bionator versus extraoral appliance. Dental Press J Orthod. 2020 Mar-Apr;25(2):69-85.